BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Esses alunos tiveram suas vidas mudadas depois de uma decisão inesperada da vice-diretora

Em Recife, PE, uma escola chamou atenção com uma atitude de nobreza singular. Na Escola Municipal de Tempo Integral Antônio Heráclio do Rego, a vice-diretora Marília Oliveira, resgatou uma cachorrinha de rua e abrigou o animal temporariamente no colégio até que fosse encontrada uma família que aceitasse adotar a cachorrinha que recebeu o nome de Julia.

Esses alunos tiveram suas vidas mudadas depois de uma decisão inesperada da vice-diretora

Mas no final das contas Julia se tornou mascote dos funcionários e alunos e acabou ficando definitivamente ali. Alguns meses depois outro animal foi resgatado e ganhou o nome de Júlio. Assim, os animais se tornaram referência para que outra temática sobre o respeito aos animais e o projeto pedagógico "Cãolega" nasceu.

Esses alunos tiveram suas vidas mudadas depois de uma decisão inesperada da vice-diretora

A administração da escola percebeu que seus 350 alunos apresentaram sinais de amadurecimento e aumento do senso de responsabilidade depois que começaram a conviver com os cães. Também foi notável que o diálogo entre todos teve uma grande melhora e até mesmo as notas foram melhoradas devido ao projeto.

Sobre:

Best of Web

Compartilhar no Facebook