BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Elefante morre de exaustão de tanto trabalhar e levanta polêmica sobre abuso de animais

Aconteceu no Camboja, uma situação lamentável e que mostra o quanto as pessoas não fazem ideia do mal que provocam aos animais. Um elefante sofreu um ataque cardíaco após ficar durante 40 minutos carregando turistas sob um sol de 40º C. O jornal britânico Metro afirmou que um veterinário examinou a fêmea chamada Sambo, e disse que sua morte foi causada pelas altas temperaturas, cansaço e ausência de vento.

Elefante morre de exaustão de tanto trabalhar e levanta polêmica sobre abuso de animais

A elefante trabalhava no parque arqueológico de Angkor desde 2011 e era admirada por todos, principalmente por seu tutor Oan Kiri, que afirmou estar muito chateado com a perda do animal. Contudo, uma petição está na internet pedindo o fim dos passeis de elefante no parque arqueológico Angkor. A descrição dos passeios é descrita como uma atração turística violenta e nociva para os elefantes, que só consegue prejudicar a indústria do turismo do país.

O britânico Jack Highwood, que dirige o Projeto Vale do elefante, disse que se o Camboja insistir em ter elefantes em cativeiro e querem fazer com que eles trabalhem, é preciso uma regulamentação adequada dessa situação. Porém, não há desculpas para os animais trabalharem até a exaustão. Descanse em paz Sambo.

Compartilhar no Facebook