BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Ela era vista triste todos os dias. Mas ninguém imaginava que o motivo fosse ser tão obscuro

Algum dia já te pararam para perguntar se você estava bem? Parece bem difícil alguém, ainda mais um estranho, se preocupar por outra pessoa se apresentar triste, não?!

Felizmente, nem todos são assim. O mecânico, Richard Newberry é diferente de qualquer outra pessoa e resolveu fazer uma boa ação ao ver todos os dias a mesma mulher, Ernestina Nunez, com um semblante triste.

Para o mecânico, é fácil se relacionar com ela, pois ele sabe como é viver em uma situação difícil, uma vez que já foi morador de rua.

O mais incrível dessa história é que apesar de Richard não ter dinheiro considerável, algo dentro de si disse que ele deveria dar à Ernestina, uma completa estranha, um carro. E um dia isso realmente se concretizou.

Então, no dia que Richard decidiu entregá-la o veículo, ela lhe contou a verdadeira história que a afligia todos os dias: seu filho, que era um veterano da marinha, de repente, encontrou algo que mudou completamente o seu rumo.

Depois de ter servido o seu país, ele teria sofrido com estresse pós-traumático, o que o fez cometer um ato irreparável, tirando sua vida. Por isso, o semblante de Ernestina será sempre triste, pela falta de seu filho que todos os dias trazia felicidade para ela. "Ele acabou tirando sua própria vida e me deixou sem nada, porque ele era tudo o que eu tinha", conta.

Por isso hoje, Ernestina reza para que outros com o mesmo problema que seu filho consigam superá-lo antes de qualquer situação trágica. Agora, ela agradece Richard por seu belo ato, já que foi uma luz em um período tão sombrio de sua vida.

"Eu estive no mesmo barco. Eu fui morador de rua, sem saber o que fazer", é o que conta o mecânico, se relacionando, de fato, com a tristeza de Ernestina.

Conheça mais da história:

Realmente, muitas vezes outra pessoa é capaz de perceber coisas que quem é mais próximo não consegue.

Compartilhar no Facebook