BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Assassino fica cara a cara com o pai da jovem que matou. E ouve dele o que ninguém foi capaz de falar

Gary Leon Ridgway, considerado o maior assassino em série da história dos Estados Unidos, ao ter assassinado 48 mulheres, foi condenado à prisão perpétua em 2003.

Naquela ocasião, os parentes das vítimas tiveram a oportunidade de falar no tribunal tudo aquilo que estavam sentindo: a dor e o ódio da perda.

E eles aproveitaram para o insultar e amaldiçoá-lo. Mas nem o sofrimento dos familiares muito menos as palavras carregadas de rancor tiraram a olhar indiferente a a inexpressividade do assassino.

Apenas um único pai conseguiu "quebrar" Gary. E suas palavras são emocionantes. Assista:

E você? Seria capaz de perdoá-lo?

Sobre:

Best of Web

Compartilhar no Facebook