BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

A São Paulo *Invisível* que Muitas Pessoas Simplesmente Não Conhecem; Abra Os Olhos!

Já ouviu falar da página no Facebook chamada SP Invisível? Se não, está perdendo tempo de conhecer a realidade de milhares de moradores de rua.

Eles não são pessoas como a maioria pensa, eles tem seus valores e através dos estudantes Vinicius Lima e André Soler estão sendo retratados nessa página com um imenso carinho.

Por lá você encontra diversas histórias tocantes. Com certeza vão mudar o seu pensamento sobre aquela pessoa que você passa por ela todos os dias e não dá a mínima atenção.

Agora confira alguns depoimentos desses moradores de rua.

Jorge Morais, 63 anos, morador de rua

“Não bebo, não fumo…, na rua é um sossego, não mexo com a rapaziada, respeito pra ser respeitado. Todos os dias faço minha oração, corro uns 45 minutos, vou olhar uns carros pra ganhar um trocado, almoço na faixa em qualquer lugar da região porque o pessoal dos restaurantes me respeita, volto pro trampo, faço uma oração e vou dormir.”

A São Paulo *Invisível* que Muitas Pessoas Simplesmente Não Conhecem; Abra Os Olhos!

Bruno, 24 anos, morador de rua

“Na rua não existe parceiro, às vezes você bebe e dá risada com o cara e quando vai dormir, o cara te rouba. Só que eu acredito que educação vem de berço, por mais que tenha uns que tão nessas, meu corre é sempre adiantar os outros, nunca atrasar.”

A São Paulo *Invisível* que Muitas Pessoas Simplesmente Não Conhecem; Abra Os Olhos!

José, 42 anos, morador de rua e cadeirante

“Na rua é difícil, sofro um preconceito danado. Como eu trabalho no farol, as pessoas me maltratam, fecham o vidro, acham até que eu sou ladrão!”

A São Paulo *Invisível* que Muitas Pessoas Simplesmente Não Conhecem; Abra Os Olhos!

Mostre essa iniciativa para seus amigos; clique no botão abaixo e compartilhe.

Compartilhar no Facebook