BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Se seu filho nascesse com essa marca de nascença, será que você faria a mesma coisa que esses pais?

A britânica Honey-Rae Phillips nasceu com uma rara marca de nascença vermelha que vem se expandindo pelo seu pequeno corpo. Agora, com um ano e meio de vida, a metade direita de seu corpo já é praticamente toda tomada pela mancha vermelha.

Sabendo da visão cruel que o mundo geralmente tem para tudo aquilo que é diferente, os pais da garota decidiram ficar iguais a ela, na tentativa de mostrá-la que não deve se envergonhar de sua marca de nascença, mas sim, sentir-se orgulhosa por tê-la.

Ao completar quarenta anos, Tanya Phillips, a mãe da pequena garota decidiu que seria este o seu presente de aniversário. Passou por mais de quatro horas em uma sessão de tatuagem e marcou toda a perna com a mesma cor avermelhada que domina o corpo da filha.

A marca de nascença

Se seu filho nascesse com essa marca de nascença, será que você faria a mesma coisa que esses pais?

A mãe afirma que a marca de nascença da filha é o efeito de complicações médicas que a menina sofreu ao nascer.

Foi no hospital que a mãe de outras três crianças viu pela primeira vez a marca de nascença em Honey-Rae. Ela conta que a garota teve dificuldades para respirar durante o nascimento e foi, dentro do incubador na unidade de tratamento intensivo, que a marca de nascença “quebrou o seu coração”.

Disse ainda que “soluçava e soluçava sabendo que o meu bebê iria ficar com aquela marca pelo resto da vida”.

A tatuagem da família

Foi então que ela, acompanhada de seu marido, Adam, decidiram que também ficariam marcados por toda a vida da mesma forma que sua filha mais nova.

“A maioria das pessoas pode pensar que isso [a tatuagem] foi uma medida muito extrema, mas para nós foi a coisa natural a se fazer, para assegurar que nossa filha nunca se sinta diferente ou sozinha no mundo.”, disse a mãe ao site local.

Se seu filho nascesse com essa marca de nascença, será que você faria a mesma coisa que esses pais?

Adam foi o primeiro a se tatuar, em uma sessão que levou duas horas e meia no Natal. Em seguida, deu este presente à sua esposa que completava 40 anos.

Eles contam que a reação da menina às tatuagens dos pais não podia ter sido melhor. Ela se alegrou desde o primeiro momento que viu que não era a única pessoa no mundo que tinha aquelas marcas.

Dizem que ela toca nas tatuagens dos dois e ri até hoje.

Se seu filho nascesse com essa marca de nascença, será que você faria a mesma coisa que esses pais?
Sobre:

Via Awebic

Compartilhar no Facebook