BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Os mapas me enganaram a vida inteira. Veja se também é o seu caso.

Lembra quando usava mapas no seu tempo de escola? Eles podem estar errados. Calma! Vou te explicar.

A verdade é que cada mapa conta uma mentira, mas nem todos mentem sobre a mesma coisa. Por exemplo, o Mercator, aquele mapa usado na escola e o mais popular até hoje, tem um certo problema de projeção.

Os mapas me enganaram a vida inteira. Veja se também é o seu caso.

O Mercator acaba exagerando nas proporções de áreas próximas a linha do equador.

Já o Goode ou Projeção Interrompida de Goode (foto abaixo) mostra que os continentes estão com uma boa proporção, mas ele acaba criando muitas divisões e distorções de distância.

Os mapas me enganaram a vida inteira. Veja se também é o seu caso.

No popular Mercator a África é muito menor do que ela realmente é. O Canadá é uma ou duas vezes o tamanho dos Estados Unidos, e a Antártida não é tão colossal como é retratada.

Mesmo com isso tudo, lembre-se, o Mercator não é um mapa ruim. Ele preserva pontos verdadeiros entre qualquer dois pontos, e é padrão na navegação náutica.

Bem, já que não há um mapa perfeito para todas as ocasiões, o melhor a fazer é descobrir para quê você precisa de um mapa. E depois, ver as vantagens e desvantagens entre um e outro.

Se quiser saber mais curiosidades sobre o Mercator, assista ao vídeo abaixo.

Sobre:

Via Awebic

Compartilhar no Facebook