BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Menino de 11 anos que luta contra hidrocefalia é indicado entre os melhores álbuns do Grammy Latino. Confira seu talento musical

Você já ouviu falar de Adrián Martin Vega? O nome remete a um garotinho espanhol muito especial. Ele só tem 11 anos, mas já tem muita história pra contar, ou melhor, para cantar.

Adrián nasceu com dois sérios problemas de saúde: uma má formação congênita nos braços e hidrocefalia, um transtorno que causa pressões no cérebro e pode causar lesões diretamente responsáveis por ataques epiléticos, crescimento rápido e exagerado do crânio, e interferência na capacidade de compreensão e aprendizado.

Mas, os problemas do menino não o impediram de conquistar o mundo com sua bela voz. O garoto descobriu na música um dom. E não à toa, ele foi indicado ao Grammy Latino - um dos maiores prêmios do universo musical - com seu primeiro álbum, "Cheio de Vida". Ele concorre na categoria de melhor álbum vocal pop tradicional.

A dimensão do feito do garoto ganha contornos ainda mais impressionantes quando visto que em sua categoria, ele compete com nomes renomados como Andrea Bocelli, Andreas Cepeda e Djavan. Pouca coisa?

A cerimônia de entrega do troféu está marcada para 17 de novembro, em Las Vegas, EUA. E após saber da indicação pela Academia Latina da Gravação, Adrián não conseguiu conter sua alegria.

Em suas redes sociais, a pequena estrela comentou que está muito feliz e mal consegue acreditar em tudo o que está acontecendo.

Sua fama cresceu graças a sua batalha para realizar seu sonho de cantar. Tudo começou em um vídeo com a irmã no Youtube, o qual teve 2 milhões de divulgações em poucas horas. Então, vieram participações em shows de talento, programas de TV, e uma aparição no Teleton do Chile, até lançar seu primeiro álbum.

A indicação é um prêmio para um garoto que lutou muito, mesmo com pouca idade. Já foram mais de 15 operações realizadas por conta de suas enfermidades.

Confira todo o talento de Adrián no vídeo abaixo, em uma de suas apresentações na TV espanhola:

Se Adrián será premiado no Grammy, não sabemos. Mas, sem sombra de dúvida, ele já é um grande vencedor e merece tudo o que está acontecendo.

Uma pequena criança de 11 anos que não se deixa abalar por suas adversidades e nos ensina um grande lição de vida.

Compartilhar no Facebook