BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Menino briga com a mãe e chama a polícia. No dia seguinte, um caminhão está em sua porta

Existem momentos na vida em que olhar com mais carinho os ofícios que nossa profissão nos propõe, pode ser um modo de fazer do mundo um local melhor. Foi o que aconteceu na Carolina do Sul, em uma situação que pode ser considerada até cotidiana, mas serviu para se tornar algo muito maior.

Aos 13 anos, Cameron Simmons, chamou a polícia porque tinha brigado com sua mãe. Assim, um dos policias acionados, Gaetano Acerra, foi até o local onde Cameron havia indicado e se viu diante de uma situação muito mais complicada do que poderia se imaginar. Quando o oficial começou a conversar com o menino, ouviu que ele não queria mais viver naquela casa. Ao observar as condições como vivia a família, percebeu que a criança não tinha uma cama e dormia num colchão inflável que murchava durante a noite. Era uma realidade simples e pobre.

Menino briga com a mãe e chama a polícia. No dia seguinte, um caminhão está em sua porta

Comovido com isso, Gaetano conseguiu movimentar várias pessoas que decidiram ajudar aquela família em crise. "Meu coração foi tocado por ele, eu pensei que as coisas pequenas que ele precisava poderiam torná-lo um pouco mais feliz. Cama, televisão, mesa, cadeiras, um videogame que alguém doou por causa da história que eu contei. Fiz isso porque eu podia e era a coisa certa a fazer, eu acho que as pessoas deveriam fazer mais coisas como essas", afirmou o policial.

Menino briga com a mãe e chama a polícia. No dia seguinte, um caminhão está em sua porta

O diretor de Acerra ficou tocado com o gesto e também deu uma cama para o irmão de Cameron, além de armários novos para os meninos. Grande parte dessas mobílias foram doadas ou dadas por preços reduzidos pelas empresas locais. "Eu amo crianças", disse o Diretor de Acerra. "Eu tento ajudar as crianças o tempo todo."

Menino briga com a mãe e chama a polícia. No dia seguinte, um caminhão está em sua porta
Compartilhar no Facebook