BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Marido encontra a esposa cochilando com o filho e sabe exatamente o que vai acontecer depois

Quando Bobby voltou para casa encontrou sua esposa na cama dormindo com seu filho, ele se sentou ao lado dela olhando para ela. Rayena dormiu com seu filho, completamente exausta. Bobby assistiu com espanto como sua esposa tinha vestido as roupas de trabalho antes de ir dormir, com a intenção de se levantar e ir para o trabalho quando o alarme soasse.

Excesso de trabalho, falta de ajuda e as várias fases que uma nova mãe tem de enfrentar, assumiram um grande custo pessoal para Rayena.

Bobby reconheceu formalmente o trabalho feito por sua parceira, tanto dentro como fora de casa. Portanto, Bobby decidiu compartilhar uma carta em sua rede social dedicada à sua esposa, para lhe mostrar o quanto aprecia tudo o que ela faz por ele e seu filho.

Aproveite este belo gesto de carinho, e não se esqueça de expressar o que sente ao seu parceiro.

This is my wife taking a nap. In an hour she will wake up, put on her scrubs and get ready for work. The tools and...

Publicado por Bobby Wesson em Sábado, 7 de Novembro de 2015

“Esta é a minha esposa tirando um cochilo. Em uma hora, ela vai se levantar, colocar o avental e se aprontar para o trabalho.

As ferramentas e itens que ela precisa para exercer sua profissão serão reunidos e checados meticulosamente — seu cabelo e maquiagem serão produzidos rapidamente. Ela dirá que está com uma aparência péssima. Eu vou discordar, enfaticamente, enquanto preparo para ela uma xícara de café.

Ela vai se sentar no sofá com as pernas cruzadas e tentar beber o café enquanto brinca animadamente com o nosso filho, que está pulando em seu colo.

Eventualmente, ela vai parar de prestar atenção na nossa conversa, silenciosamente se preparando para o próximo plantão. Ela acha que eu não reparo.

Ela vai beijar o nosso filho, vai me beijar e vai sair de casa para cuidar de pessoas que estão tendo o pior dia de suas vidas. Acidentes de carros, feridas de armas de fogo, explosões, queimaduras e ossos quebrados — profissionais, pobres, pastores, viciados e prostitutas — mães, pais, filhos, filhas e família — não importa quem você seja ou o que aconteceu com você.

Ela sempre vai tomar conta de você.

Ela vai chegar em casa 14 horas depois e vai tirar os sapatos que a carregaram por sangue, bile, lágrimas e fogo e vai deixá-los do lado de fora de casa.

Às vezes ela não vai querer falar sobre o seu dia. Às vezes ela não consegue nem esperar para me contar as novidades.

Às vezes ela vai rir até chorar e às vezes ela só vai chorar — mas, independentemente desses poréns, ela vai chegar no horário para o seu próximo plantão.

Minha esposa é uma enfermeira traumatológica. Minha esposa é uma heroína“.

Compartilhar no Facebook