BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Mãe adotiva devolve filho sem imaginar o que aconteceria com ele 10 anos depois

Todos sabem que o processo da adoção pode ser algo realmente cruel. Imagine ser rejeitado várias e várias vezes e ter sua autoestima totalmente destruída. Não parece nada fácil.

E certamente não foi fácil para Taylor quando em 2003, ao lado de suas irmãs, foi adotado até de repente, os pais decidirem devolvê-lo por causa de seu comportamento irritado.

"Era sempre, de alguma forma, minha culpa, mas eu não percebi isso, sabe, enquanto estava crescendo", conta Taylor. Depois de dez anos sem sucesso em ser adotado, o menino estava perdendo as esperanças. Mas sua assistente social, Connie, não ia desistir dele tão fácil.

"Toda criança é adotável. Existe uma família para cada uma delas". Infelizmente, a primeira que deu a vida a Taylor não era o pertencia verdadeiramente. Ambos eram viciados em drogas e ele foi rejeitado, deixando-o sem qualquer tipo de amor.

Por isso, sempre foi difícil para Taylor acreditar em um final feliz, porque ele nunca os via, de fato, acontecer. "Eu estava tão bravo, porque eu pensei que eles não estavam considerando ficar comigo. Eu estava apenas testando-os". A realidade doía a cada momento, mas Connie persistiu. Ela não o deixaria abandonado.

“Tudo que eu conseguia pensar era em como ele estava se sentindo e em como estava se culpando de novo", contou a assistente. Então, um dia, Connie começou a passar mal fisicamente devido a tudo que a estava perturbando. No dia seguinte, ela resolve agir e faz algo que muda sua vida e a de Taylor para sempre: sua adoção.

Apesar de todo o trabalho que deu para acertar a papelada, as coisas finalmente iriam se acertar de uma vez na vida de Taylor e ambos não podiam estar mais feliz.

“Ele iria embora. 'Estou indo. Eu odeio isso'", disse Connie. "E eu o diria 'Eu não vou te mandar embora, Taylor'. Então, ele olharia para mim, pegaria sua mochila e voltaria para dentro novamente". Não parece nem um pouco difícil de acreditar que o menino teria problemas em confiar nas pessoas depois de tanto desamor que recebeu.

Felizmente, hoje, Taylor é uma criança feliz. "É aqui o meu lugar. Ela conhece meus podres e ainda assim se importa comigo e me ama", diz ele.

Veja o vídeo:

Sobre:

Best of Web

Compartilhar no Facebook