BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Essa refugiada síria de 15 anos quer acabar com o casamento infantil

Na cultura muçulmana é normal os pais arrumarem casamentos para os filhos ainda quando são crianças, mas nem sempre isso é bem visto ou aceito por elas. Omaima Hoshan é uma refugiada síria de 15 anos que não concorda com essa ideia e luta por seus direitos.

Omaima luta pelo direito da mulher escolher com quem casar, e também pelo direito da mulher escolher a forma que pretende levar a vida. Para isso, a jovem dá workshops para os pais e para as crianças falando sobre a liberdade e direitos humanos. Para melhor entendimento das crianças, Omaima explica tudo por desenhos.

Já pensou se essa moda pega? Seria um mundo melhor, na sua opinião?
Compartilhar no Facebook