BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Depois de ouvir que seu filho era mal educado, mãe descobre que na verdade ele tinha um tumor no cérebro

Quando crianças apresentam problemas de comportamento, muita gente associa isso ao que os adultos fazem em relação ao modo de educar seus filhos e raramente pensam que isso possa ser um problema de saúde. A britânica Laura Parry se viu com dificuldades para controlar as alterações repentinas de humor de seu filho Ben, 5 anos, e foi muitas vezes julgada como má educadora. Mas a verdade era outra e bem mais complexa.

Laura conta que Ben costumava ser uma criança amorosa e educada, mas começou a mostrar um comportamento tão agressivo que fez a família evitar sair com ele, por medo de seus ataques de raiva. Foi então que em janeiro de 2015, eles buscaram ajuda médica e descobriram que Ben tinha um tumor benigno no meio do cérebro. A área afetada é responsável pelo controle motor e contém receptores do hormônio serotonina, que é um estabilizador de humor. Sendo assim, a criança sempre estava irritada, porque sofria essa carência de hormônio.

Depois de ouvir que seu filho era mal educado, mãe descobre que na verdade ele tinha um tumor no cérebro



 

Depois de ouvir que seu filho era mal educado, mãe descobre que na verdade ele tinha um tumor no cérebro

Depois de uma cirurgia de 10 horas, ele teve o tumor retirado e sua vida mudou.“A partir do momento em que ele acordou, ele era o meu menino amoroso e feliz novamente”, disse a mãe, à agência Caters. Os sintomas comuns desses casos clínicos incluem dores de cabeça persistentes, náuseas ou vômitos e problemas de visão. Contudo, Ben não teve nenhum deles, o que também pode acontecer com outras crianças. Tumores cerebrais são o tipo de câncer mais comum em crianças e jovens, o que representa um número alto de mortes em casos não diagnosticados.

Sobre:

Best of Web

Compartilhar no Facebook