BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

O polvo é um octópode, ou seja, é um animal que tem oito “pernas”, que são os seus tentáculos. Mas e quando algum erro genético acontece e ele nasce com seis, como chamaríamos? Hexápode? Confira como é esse polvo, além de outros que nasceram com alterações genéticas que resultaram em aparências um tanto estranhas.

11 – Henry, o polvo com seis tentáculos

Henry, um polvo do aquário britânico Blackpool Sealife, é um pouquinho diferente de seus parentes octópodes, pois ele tem apenas seis tentáculos. O molusco foi capturado na costa do País de Gales e transferido para um zoológico local, de onde foi encaminhado com outros sete polvos para o aquário onde está hoje.

Até o momento dessas transferências, ninguém ainda havia notado nada de diferente nele. A sua mutação somente foi descoberta quando em uma ocasião ele grudou no vidro do tanque de água em que estava.

Foi quando o animal começou a ser avaliado pela equipe do aquário, que constatou a falta de dois tentáculos. Apesar de os polvos terem a capacidade de regenerar tentáculos cortados, essa possibilidade foi descartada após as análises dos pesquisadores. Ele realmente tinha nascido só com seis.

Nenhum outro registro de um polvo assim já foi feito antes, fazendo de Henry o primeiro molusco marinho hexápode a ser documentado. Ele não é uma nova espécie, mas resultado de uma mutação genética.

10 – A “octocabra”

Quando Zoran Poparic, um agricultor de Kutjeva, na Croácia, viu um dos filhotinhos que sua cabra Sarka tinha acabado de dar à luz (em maio desse ano), ele teve que chamar um vizinho para ajudar a confirmar que ele não estava ficando louco ou tinha bebido além da conta.

O pequeno animal tinha oito pernas, além de dois órgãos sexuais, um masculino e outro feminino. Os veterinários locais acreditam que a cabra tenha absorvido seu gêmeo subdesenvolvido enquanto ainda estava no útero.

Apesar do susto, os outros dois irmãozinhos da cabra de oito pernas nasceram normais na mesma cria. O triste foi que, mesmo com suas oito perninhas, a cabra não tinha forças para ficar em pé e não conseguia andar. Na época do nascimento, os veterinários disseram que a “octocabra” não viveria por muito tempo. O estado atual do bichinho é desconhecido.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

9 – Faith, o cãozinho de duas pernas

Ao nascer, Faith sofria de uma deficiência que não permitia o pleno desenvolvimento de suas patas dianteiras. Ela não podia andar e tinha sido rejeitada por sua mãe, que era um cão de rua. Faith foi encontrada por Reuben Stringfellow, de 17 anos, que a levou para casa. Pouco tempo depois, suas duas pernas dianteiras enfraqueceram totalmente e tiveram de ser amputadas.

Com apenas as patas traseiras, Faith foi ensinada a ficar de pé, andar, saltar e correr. Hoje, ela caminha sobre as patas traseiras como um ser humano e se tornou até estrela de programas de TV onde esteve, como o The Oprah Show. Ela visita também várias bases militares e hospitais, onde serve como uma forma de incentivo para os soldados e veteranos feridos.

8 – A cobra de duas cabeças

Além de ter duas cabeças, essa cobra albina tem órgãos masculinos e femininos. Em 1999, o réptil foi comprado pelo World Aquarium, em St. Louis (EUA), quando tinha apenas algumas semanas de idade.

A partir de então, a estranha serpente foi visitada por mais de um milhão de pessoas ao longo dos seus oito anos de vida, o que já é considerado um bom período para um animal com problemas genéticos. Há relatos de que a cobra tentava se mover em duas direções diferentes ao mesmo tempo e também de que as duas cabeças brigavam entre si por comida.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

7 – Froggy, o sapo de três cabeças

Enquanto sapos mutantes não são totalmente inéditos, um com três cabeças (e uns bracinhos a mais) ainda é incrivelmente raro. Mas esse sapo mutante (com três cabeças e seis patas) foi encontrado no jardim de uma escola infantil no Reino Unido, em 2004.

A descoberta foi feita por um estudante que tinha acabado de ser deixado na escolinha em uma manhã de quinta-feira. Imagina o susto da criança? Os alunos inicialmente pensaram que eram três sapos juntos, mas foram surpreendidos quando viram que realmente era um só corpo.

Infelizmente, o animal não foi acondicionado adequadamente para a pesquisa, pois os funcionários da escola o capturaram, colocando-o em um tanque. No outro dia, eles constataram que o anfíbio tinha escapado. Mas eles disseram que tudo parecia funcionar normalmente, mas não se sabe se os três sistemas digestivos funcionavam.

Na época, os biólogos disseram que, apesar de sapos mutantes terem sido relatados por cerca de 200 anos, um com três cabeças e seis patas é totalmente inédito. A mutação pode ter sido causada por parasitas, poluição ou alteração genética. Algumas pessoas acreditam que a mutação é um efeito colateral da usina nuclear desativada de Hinkley, que fica a 19 quilômetros de distância do local onde o bicho foi encontrado.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

6 – Os “esquigatos”

Os “esquigatos” — “squitten” em inglês, da junção de squirrel (esquilo) com kitten (gatinho) —, na verdade, são apenas os bichanos que nasceram com uma alteração que os deixa com aspecto de esquilo, e não um cruzamento entre esses animais.

Isso porque eles têm as patas dianteiras curtas e, geralmente, tem que ficar sobre as traseiras como esquilos. Esses gatos são afetados por uma mutação chamada hipoplasia radial, que impede que as suas patas dianteiras fiquem totalmente desenvolvidas.

Em casos leves, os gatos ainda conseguem usar as patas dianteiras para se locomover como coelhos. Nos casos moderados, eles “caçam” com as patas traseiras e podem até usar sua cauda para se equilibrar, como os cangurus. Mas, em casos graves, eles se movem inteiramente com as patas traseiras e se parecem com esquilos quando ficam em pé.


5 – Rudy, o porco de duas caras

Rudy é um porco que tem duas cabeças, dois focinhos, duas orelhas e três olhos. O olho do meio é cego e onde as duas cabeças se encontram. Ele foi comprado de seu dono por um grupo de resgate de animais e rebatizado como Ditto.

Apenas um dos focinhos de Ditto era funcional. Durante toda a sua vida, Ditto teve problemas para caminhar e tinha que usar um andador especial para se locomover. Ele tinha apenas começado a aprender a usar suas duas patas dianteiras quando morreu em 1998, apenas dois meses após chegar ao abrigo do grupo de resgate.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

4 – Kenny, o tigre branco com síndrome similar à de Down

Kenny, um tigre branco albino, foi o primeiro de sua espécie a nascer com uma falha cromossômica que resultou em uma síndrome similar à de Down. Ele foi resgatado de um cativeiro clandestino, onde o dono estava fazendo cruzamento entre animais irmãos, o que provavelmente causou a mutação de Kenny.

Além da deficiência mental causada pela alteração cromossômica, Kenny também tinha o focinho mais curto e achatado, olhos afastados, cabeça mais larga e dentição deformada. O dono do cativeiro buscava conseguir um tigre branco com os cruzamentos ilegais.

Animais como esses também podem sofrer de lábio leporino, uma deformação congênita nas patas, deficiência imunológica e deformidades em suas espinhas e órgãos. Na verdade, a maioria dos tigres brancos são natimortos, e aqueles que não são normalmente morrem cedo. Infelizmente, Kenny morreu de câncer em 2008.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

2 – O gato de duas caras

Frank e Louie são os nomes das “carinhas” de um gato com uma cabeça, mas dois rostos e três olhos. Sua mutação é chamada de diprosopia ou duplicação-craniofacial, um tipo muito raro de mutação que resulta em um animal ou ser humano com duas caras em uma cabeça.

Embora diprosopia tenha sido registrada algumas vezes em gatos, a maioria não sobreviveu mais do que poucos dias após o nascimento. Já o gato ‘Frank e Louie’ é uma exceção. Ele completou 12 anos de idade no dia 08 de setembro de 2011, ganhando um lugar no Guinness como o gato (de duas caras) mais velho do mundo.

O animal é de propriedade de Marty Stevens, uma técnica veterinária que o adotou após seu antigo proprietário tê-lo levado à clínica onde ela trabalhava para sacrificá-lo. O gatinho têm um cérebro e, assim como o porquinho Rudy, o olho do meio (que divide os rostos) não funciona. O animal se alimenta pela boca de Frank, pois a de Louie não tem uma mandíbula inferior e não está ligado ao seu esôfago.

Conheça as Mutações em Animais Mais Estranhas que Você Já Viu

1– Stumpy, o pato de quatro patas

Stumpy, um pato de quatro patas, nasceu em uma fazenda no Reino Unido em 2007. As duas pernas extras do bichinho provavelmente eram resultado de uma má divisão celular, não podendo ser usadas para caminhar, e ficavam penduradas atrás de suas pernas funcionais.

O patinho foi mantido em um cativeiro após o nascimento porque seu dono temia que seus membros extras ficassem presos em arbustos. Mesmo assim, uma de suas pernas extras acabou ficando presa em um cercado e precisou ser removida, assim como a outra, que necrosou e também foi retirada.

E você, já viu algo parecido?
Compartilhar no Facebook