BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Campanha usa música para criar memórias inesquecíveis aos portadores de Alzheimer

Que a música tem poder nós já sabemos. Ela mexe com a nossa cabeça e pode nos deixar animados ou nos colocar na fossa. Mas o que ninguém imaginava é que a música pode ajudar a curar ou pelo menos tentar mudar uma realidade.

Uma descoberta recente da medicina trouxe uma ideia inovadora que despertou esperança para os portadores de Alzheimer. A doença degenerativa caracteriza-se principalmente pela perda da memória recente e atinge cerca de 35 milhões de pessoas no mundo.

A boa notícia é que pesquisadores do Instituto Max Planck de Neurociência e Cognição Humana de Leipzig, na Alemanha, descobriram que ela pode ser amenizada de uma forma muito simples. O estudo revelou que o cérebro é dividido em diversos compartimentos e em um deles é abrigada nossa memória. No entanto, a música tem seu espaço exclusivo e distinto das outras lembranças, fazendo com que ela seja menos comprometida pela doença.

Então, baseados nessa revelação, a Mares Filmes decidiu realizar uma campanha que revela a todos o poder da música na vida dos portadores da doença. O resultado é o filme "A Viagem de Meu Pai", que mostra a relação de duas filhas com o pai que convive com a doença.

A peça mostra o processo de criação da música feita para Hélio Elpídio de Queiroz, diagnosticado com Alzheimer há 3 anos e pai de Camila e Mariana. Repare nos olhos dele ao ouvir a música:

A melodia foi composta por Lucas Mayer junto com o Maestro João Carlos Martins e foi interpretada pela cantora Ana Julia Zambianchi. Para você que como eu, ficou curioso em ouvir o restante da música, clique aqui.

Não tem explicação para isso, é lindo, é humano, é amor! <3

Compartilhar no Facebook