BUSQUE NO SITE

Fechar ▲

Aos 91 anos, morre senhora que 'tratava' seu câncer com viagens e aventuras

Há alguns meses, contamos a história da simpática americana de 91 anos, Norma Jean Bauerschmidt. A idosa, sempre alegre e cheia de vida, infelizmente veio a falecer após lutar contra um câncer no útero.

Norma se tornou personagem marcante pela felicidade e disposição que sempre carregou consigo em vida. Quando diagnosticada com o câncer, poucos anos após a morte de seu marido, os médicos sugeriram que ela se tratasse ou à base de quimioterapia ou por meio de um tratamento de radiação.

Mas, sua escolha foi outra. Talvez já ciente de que sua jornada estava próxima de um ponto final, ela escolheu aproveitar seus últimos dias ao máximo. E sem dúvida, ela os aproveitou.

Acompanhada do filho, Tim, e de sua nora, Ramie, a idosa pôs o pé na estrada. O casal era o que restava da família de Norma e foi com eles que ela decidiu passar seus últimos momentos.

Em sua página no Facebook, a família vinha compartilhando as aventuras e passeios de Norma para quase 500 mil seguidores. Tornou-se um diário de viagem. E foi nela que os familiares divulgaram a partida da querida senhora.

Aos 91 anos, morre senhora que 'tratava' seu câncer com viagens e aventuras

Em um texto simples e singelo, comentaram:

"A vida é um equilíbrio entre se apegar e deixar ir. Hoje, nós estamos a deixar ir.

Norma Jean Bauerschmidt: 31 de março de 1925 - 30 de setembro de 2016"

Aos 91 anos, morre senhora que 'tratava' seu câncer com viagens e aventuras

Norma, certamente, deixou seu legado. Com toda a sua simplicidade, cativou a muitos e se tornou uma inspiração.

E a escolha por não ter feito um tratamento é uma decisão que devemos respeitar. Pode ter havido um preço, mas as recompensas, de fato, foram maiores.

Pois mesmo em seus últimos suspiros, sua felicidade prevaleceu. A idosa faleceu enquanto estava em sua cama, mas antes, fez com que sua vida tivesse um significado.

Sobre:

Best of Web

Compartilhar no Facebook